segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Como perder a barriga?

Esta é uma pergunta das mais freqüentes de quem pratica atividade física. É muito importante que você entenda que não existe um determinado exercício que vai acabar com a gordura localizada na sua região abdominal.

Um dos maiores enganos das pessoas quanto à perda de gordura é acreditar que determinado aparelho ou exercício abdominal vai resolver a questão. Outro grande engano é acreditar que se você fizer centenas de abdominais diariamente você vai “queimar” toda a gordura da barriga, e quanto mais você fizer abdominais, mais você ficará com a “barriga esbelta e definida”.

Grande erro! Infelizmente as coisas não funcionam assim. É tentador acreditar nestas propagandas de aparelhos abdominais. Muitas pessoas já compraram aparelhos de abdominais achando que perderiam peso e não obtiveram nenhum resultado. Não é que aparelhos de abdominais não sejam bons, eles tem seu papel em um programa de perda de peso, mas não são milagrosos.
A única maneira de perder essa gordura localizada é abaixar o seu percentual de gordura como um todo. Cultivar melhores hábitos alimentares que reduzem a quantidade de gordura e calorias ingerida, aliado a pratica de exercícios físicos irá fazer seu corpo começar a queimar a gordura localizada.

exercicio abdominalPara alcançar o seu objetivo é importante seguir os seguintes passos:
• Fazer exercício aeróbico 3 a 4 vezes por semana (caminhada, andar de bicicleta)
• Faça um exercício de resistência muscular duas a três vezes por semana
• Coma mais vezes ao dia e diminuía a quantidade de alimento ingerido em cada refeição
• Faça abdominais duas vezes por semana

Seguindo estes passos você conseguirá eliminar de vez a gordura localizada da barriga.


Você poderá aumentar seu conhecimento lendo as seguintes matérias:

Como você vai malhar em 2011?
Como você vai malhar em 2012?
O que realmente ajuda a eliminar peso?
O que realmente ajuda a eliminar peso?

sábado, 27 de novembro de 2010

Linhaça: aqui tem muito ômega 3

linhaça na alimentação
Cientistas do mundo todo fazem novas descobertas sobre os benéficos do ômega-3, uma gordura importante não apenas pelo seu papel na produção de hormônios e no transporte de vitaminas, mas também por desempenhar funções protetoras no organismo: ajuda a combater a obesidade, a prevenir a osteoporose, algumas doenças nos olhos e certos tipos de câncer.
A recomendação é consumir 1 grama de ômega-3 por dia. Para isso basta ingerir diariamente 40 gramas de linhaça triturada e, três vezes por semana, 250 gramas de sardinha, cavala ou salmão, explica a nutricionista Vanderli Machiori, membro da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva e da Associação Paulista de Nutrição.
A sementinha tem a proporção ideal de ômega-3 e de seu primo, o ômega-6, que está presente nos óleos de milho, de soja e na margarina. Os dois “parentes” devem estar em equilíbrio para evitar encrencas. “Quando em excesso o ômega-6 facilita o aparecimento de inflamações”, acrescenta Vanderli. A linhaça ajuda a manter tudo nos conformes, já que nela tem muito mais ômega-3. Na conta de gorduras totais, a semente apresenta 16% de ômega-6 e 57% de ômega-3.

Quando o uso de suplementos protéicos não é saudável?

O uso de suplementos de proteína, especialmente suplementos de aminoácidos, comumente chamados de aminos, se tornou popular ultimamente. Eles parecem inofensivos, porque “provem naturalmente” da proteína – e para a maioria das pessoas provavelmente são. Mas para indivíduos com insuficiência renal no pré estagio terminal, estes suplementos podem ser tóxicos. Como o rim metaboliza e excreta aminoácidos, o perfil de aminoácidos na insuficiência renal é completamente diferente daquele de pacientes que produzem quantidades suficientes de urina. Os suplementos como glicosamina, arginase, lisina, creatina, glutamina e outros podem atuar como toxinas nos corpos de pacientes que não podem metabolizá-los e excretá-los. Não há estudos que avaliem estes produtos em pacientes em diálise, e o uso deles deve também ser desestimulado em pacientes com nefropatia de pré-estagio terminal ou crônica porque podem ser prejudiciais.  

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Propaganda de TV influencia hábitos alimentares das crianças

criança vendo TV
Um estudo mundial publicado no periódico American Journal of Public Health, realizado em 11 países avaliou 12618 propagandas de televisão. Do total, 67% eram de produtos com muita gordura, muito sal ou açúcar. No Brasil, segundo levantamento, 95% das propagandas para crianças são de alimentos não saudáveis. A coordenadora-geral da Política de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Ana Beatriz Vasconcelos, alerta para a importância da refeição em família para que as crianças cresçam com hábitos alimentares saudáveis. "É importante manter essa disciplina com relação a horário da oferta de alimentos, para que a criança vá crescendo com esses hábitos bem formados". diz.

Fonte: Folha.com <http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/podcasts/829172-propaganda-de-tv-influencia-habitos-alimentares-das-criancas-diz-estudo.shtml> Aceso em 12 de novembro de 2010.

Suco de tomate ajuda no combate a osteoporose

suco de tomate
Essa semana o Portal Nutrição em Foco trouxe uma notícia muito interessante! De acordo com uma pesquisa da Universidade de Toronto, no Canadá, dois copos de suco da iguaria fortalecem os ossos e podem prevenir a osteoporose. O possível responsável pelo benefício é o licopeno, que dá a cor vermelha ao alimento.
A equipe de cientistas pediu a 60 mulheres na pós-menopausa, com idades entre 50 a 60, que cortassem todos os derivados de tomate da dieta por um mês. A medida levou a um aumento significativo dos níveis de N-telopeptídeo, substância química liberada na corrente sanguínea quando o osso está em processo de danificação.
Em seguida, por quatro meses, as participantes receberam uma dose diária de suco de tomate contendo 15mg de licopeno, uma versão enriquecida com 35mg de licopeno, cápsulas de licopeno ou cápsulas de placebo. As taxas de N-telopeptídeo só não caíram nas que consumiram placebo, segundo o jornal Daily Mail. Os dados foram divulgados pela revista Osteoporosis International.

Fonte:<http://saude.terra.com.br/noticias/0,,OI4801185-EI1497,00-Dois+copos+de+suco+de+tomate+por+dia+combatem+osteoporose.html> Acesso em 24 de novembro de 2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fique sempre atualizado!
Receba artigos por email!
Widget by MundoBlogger Instale este widget